Senac

Santa Catarina

Abre e fecha menu
A partir de algoritmos, a CHAWork identifica o comportamento de candidatos para um processo de seleção mais assertivo, fazendo com que as organizações possam selecionar profissionais talentosos aliando o potencial técnico e comportamental adequados. A startup foi incubada em 2017 pela Incubadora de Negócios InSite, de Criciúma, e já atua com cerca de 10 clientes, três deles de abrangência nacional. Dentre os fundadores, Liliane Fernandes é também professora da Faculdade Senac Criciúma, nos eixos de gestão, vendas e marketing. 

Além de representar sua própria startup, Liliane foi uma das representantes das cinco mesorregiões de Santa Catarina que participaram da cerimônia que oficializou o anúncio dos projetos selecionados. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, cada projeto contemplado terá o aporte de R$ 60 mil do Governo do Estado e mais R$ 40 mil em bolsa federal do CNPq, totalizando mais de R$ 10 milhões em recursos para promover a inovação catarinense.