Senac

Santa Catarina

Abre e fecha menu
Para a construção desse curso, o Senac SC utilizou a experiência adquirida durante as duas edições em que representou o Brasil na ocupação de Florista na WorldSkills, maior competição de educação profissional do mundo. Na disputa, os competidores precisam executar tarefas do dia a dia das profissões respeitando padrões internacionais de qualidade. Gerri Consoli, especialista em arte floral, foi docente treinador durante a última edição da WorldSkills e será um dos professores do curso.

"A importância do curso de Florista em nossa região se dá pela necessidade de capacitar novos profissionais para atender à crescente demanda por especialistas em arte floral, seja no comércio ou em empresas de decoração. Além de atender o mercado e profissionalizar o segmento, essa capacitação também contribui para que a produção regional de flores e insumos seja reconhecida como um produto de alto valor agregado”, afirma.

A primeira turma será realizada dentro da Faculdade Senac em Rio do Sul, no bairro Santana. Mas, em breve, a região vai ganhar uma unidade especializada: a Escola de Arte Floral. A obra deve ser entregue no final deste ano e será uma referência na profissionalização do segmento. "O projeto é bastante promissor e vai propiciar a profissionalização e o desenvolvimento de toda a região. Estamos muito orgulhosos de receber esse curso e de ter sido a cidade escolhida pelo Senac SC para sediar o primeiro curso de Florista do Brasil”, destaca a diretora da Faculdade Senac em Rio do Sul, Alvacir Conte.

Mercado em alta

O mercado de flores vem crescendo a um ritmo acelerado no Brasil. Na contramão da crise econômica que afeta o país, em 2017 o mercado de flores registrou crescimento de 15% em algumas regiões, enquanto a média nacional chegou a 8%. Os consumidores de São Paulo gastam, em média, R$ 50 por ano com flores. A média de gastos no país é de R$ 35, segundo o Instituto Brasileiro de Floricultura – Ibraflor. 

Em Santa Catarina, conforme dados da Epagri, existem 500 produtores de plantas ornamentais e flores em 115 municípios e com produção em 1.450 hectares, movimentando por ano cerca de R$ 37 milhões. Isto coloca o estado em terceiro lugar no Brasil na produção de plantas ornamentais e flores. 

"Com o novo curso de Florista e a construção da Escola de Arte Floral, o Senac SC quer contribuir para que a região de Rio do Sul se destaque no mercado de flores e se torne referência em arte floral. Com esses investimentos, além de capacitar profissionais, a instituição também contribui para criar oportunidades e desenvolver o potencial econômico do Alto Vale do Itajaí”, destaca o Diretor Regional do Senac SC, Rudney Raulino.